UMA FERRAMENTA PARA O SUCESSO!

Nos dias de hoje, existem três tipos de empresas: as que surpreendentemente se espantam com o que aconteceu, as que apenas observam acontecer e as que fazem acontecer. Para você, que pretende manter-se competitivo, deve estar entre as organizações que fazem acontecer. Neste cenário globalizado, só existe espaço para os inovadores e não para os seguidores.

Em tal contexto, evidencio a importância de uma estratégia que oriente a empresa, para que seja possível alcançar seus objetivos. A formulação das estratégias empresariais pode ser um pouco complexa, pois depende de fatores e componentes internos e externos, e muitos desses fatores podem estar situados completamente fora do controle e da previsão da empresa. 

O Planejamento Estratégico surge como uma valiosa ferramenta para nortear as ações estratégicas, táticas e operacionais, dentro de um plano previamente determinado de metas e estratégias, diminuindo, com isso, a possibilidade de tomar decisões equivocadas.

Para realizar o Planejamento Estratégico, é necessário examinar a estrutura organizacional e estar relacionado com a adaptação da empresa a um ambiente dinâmico e flexível, orientado para o futuro e construído com base na diversidade dos interesses e necessidades dos parceiros envolvidos.

Para a elaboração do Planejamento Estratégico, é fundamental determinar, com precisão, algumas questões básicas: quem somos? Onde queremos chegar? Como atingiremos nossos objetivos?

Sair do papel e ir para a realidade pode, muitas vezes, ser um desafio complicado para o empreendedor. Portanto, a primeira coisa que devemos levar em consideração, no que diz respeito à execução, é analisar como fazemos o que fazemos. Ou seja, qual é a forma como conduzimos o processo de pessoas/equipe, a estratégia e nossos planos operacionais? Quanto mais organizada e bem feita for essa execução, mais poderemos medir o nível de maturidade de uma empresa.

Você deve ter bem claro que o Planejamento Estratégico não deve ser pensando para um futuro muito distante; concentre-se em períodos menores, de três, cinco e dez anos. Assim, terá informações mais precisas para trabalhar. É preciso que documente tudo que está em sua cabeça, para  que fique mais fácil identificar possíveis oportunidades e riscos.

Após a estratégia formulada, também é muito importante deixar os colaboradores cientes de cada passo a ser dado pela empresa. Faça com que eles participem da implantação das estratégias, para que os objetivos sejam alcançados mais facilmente. Quando o colaborador se sente parte da equipe, ele trabalha mais satisfeito e traz melhores resultados.

Agora, você tem o papel de acompanhar as ações e prazos de cada etapa do seu Planejamento Estratégico, além de analisar e apoiar os resultados, para, caso necessário, realizar mudanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.